Pesquisa personalizada

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Uma dança para a vida...

Este Marginal...



Já não Dança mais comigo...



Fica o seu lindo Ghost...



e a minha homenagem...



RIP Patrick Swayze!

4 comentários:

aespumadosdias disse...

Maldita doença!

stiletto disse...

E fica uma homenagem muito bonita... Eu também adorava o Patrick Swayze. A doença levou-o cedo demais, infelizmente...

Georgia disse...

Pois é, eu tb senti muito...

blue eyes disse...

Sem dúvida, que por vezes os nossos "heróis" são o exemplo da vida real, em que a dor e o sofrimento também estão presentes apesar de os imaginarmos sempre com uma vida feliz. A doença de que padecia é das variantes de cancro mais mortais, viveu o melhor que pode, e deixou-nos o seu trabalho cinematográfico, tornando-o imortal para quem gostava de o ver na tela.
Da filmografia dele, eu apenas vi uma série épica sobre a história das guerras norte/sul na américa, e o filme Dirty Dancing. Dos outros filmes apenas vi partes uma vez ou outra que passaram na televisão. Nunca vi o filme Ghost na totalidade, entre outros. Mas o filme Dirty Dancing é o meu filme culto, eu tinha 14 anos quando vi o filme, portanto ainda hoje recordo toda aquela magia que a dança pode transmitir, e ainda hoje penso em aprender danças de salão, até porque gosto muito de dança, já fui dançarina.
(o P. era formado em dança, daí desempenhar tão bem o papel)