Pesquisa personalizada

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

O comboio do futuro


Amanhã vou para a capital. Ena, uma campónia na capital, lol. Lá vou para umas entrevistas, a ver o que dá, uma delas visa a partida para terras de sua majestade. Revistas as opções, de carro não vou, afinal que vou eu fazer para a capital, poluir? E o estacionamento é caro, é dia de confusão, há-de haver filas por todo o lado, e prontos lá vou eu testar o comboio da ponte. Desta vez não me apetece ir de barco, até porque chegar até ao metro ainda leva depois mais um pouco de tempo, sempre via as vistas, mas desta vez, vou ver como anda o comboio na ponte, vou ver outras vistas. Só espero que não seja amanhã que aconteça alguma coisa no comboio, é que eu até nem sou a mulher mais sortuda que conheço, lol. A diferença de tempo entre as entrevistas é que vai ser chata, mas como não vou para aquelas bandas há muito tempo, pelo menos, sem ser em passo de corrida, vou ter tempo para uns passeios, para rever aquelas partes por onde vivi, há 11 anos, e as mudanças que se operaram por lá.

A ver se das duas entrevistas, uma resulta em algo positivo. Enfim, vida de gaja desempregada é assim, sempre em busca da oportunidade certa, o pior é saber qual é que é a oportunidade certa. A ver vamos.

2 comentários:

Smootha disse...

Opa, tens de contar como correram :)

M. disse...

Olá!
É a primeira vez que passo cá, dei uma espreitadela em alguns posts e gostei. Por isso, vou voltar. :)
O mar para mim também funciona como zen, esclarecedor de problemas, alentador de vontades.
Espero que as entrevistas tenham corrido bem.
Beijinhos