Pesquisa personalizada

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Por Favor

Amigos deixem de fumar...
Sei que é difícil, e também sei que o assunto de que vou falar não envolve só as pessoas que fumam. Ontem, recebi mais uma triste noticia de um amigo que faleceu de um tumor nos pulmões. Era um homem novo, alegre, sempre na brincadeira, que deixou uma criança com 4 anos, e uma filha já com 18 anos. Há cerca de um ano que não o encontrava, trabalhava como camionista, por isso, era raro encontrá-lo. Nunca soube que estava doente, e também desde que ele o soube até agora o tempo que a doença lhe concedeu foi muito curto. Eu só soube ontem, após o funeral, por outra pessoa das relações mais próximas dele. Fiquei muito triste, por não ter sabido antes, por não ter podido visitá-lo, e acompanhar o funeral. Uma amiga comum, que é enfermeira e lidou de perto com esta situação, também foi apanhada de surpresa, porque tinha estado esta semana na visita e ele tinha evidenciado melhoras, o que não fazia prever este desfecho tão rápido. O estado de choque em que ficou, não permitiu o discernimento de avisar alguns amigos comuns. Foi tudo muito rápido. Em pouco mais de duas semanas já são duas pessoas amigas que esta doença leva, ambos fumadores, embora o primeiro já não fumasse há muitos anos, era um senhor com 79 anos, mas que fumava mais de dois maços de tabaco antigamente. Este senhor perdeu o único filho com a mesma doença há menos de dois anos. Portanto meus amigos, parem por favor. Enquanto estão a tempo. Sei que esta doença não afecta apenas quem fuma, mas as probabilidades de a contraírem, aumentam, e esta doença é das que mais mata e em menos tempo. Se não pararem, pelo menos tentem reduzir o número de cigarros que fumam. Façam-no por vós e pelos que vos rodeiam!
Descansem em paz amigos Jaime e Silvestre.

6 comentários:

soproda voz disse...

assunto muito triste este. Eu estou rodeada de fumadores, as pessoas que mais amo fumam, e não fumam pouco. Tenho medo por eles, mas não adianta estar sempre a chover no molhado com eles.
beijinhos

Smootha disse...

Legítima essa tua preocupação.
;)
Mas passei mesmo para te pedir que passes no meu blog http://contas-e-pevides.blogspot.com
Não sei se já o conheces, mas deixei-te lá algo ;)
Beijos

blue eyes disse...

Este é um problema do qual nin guém gosta de falar, principalmente os fumadores. E por mais que tentemos que quem gostamos deixe de fumar, por vezes parece que falámos para o vazio... Já passei por algo semelhante, desisti de tentar, e agora até nem me ralo com a pessoa em questão, se se quer matar força, se não for com tabaco, eu sei de uns métodos que o podem ajudar( não gosto de ser má, mas também não gosto de ser perseguida por fantasmas...) e o meu ex-marinheiro que é tão saudável, que não se mete nestas coisas...
bjks

blue eyes disse...

Já passei no teu espaço, logo, logo faço o desafio.
bjks

Pessoinha disse...

É uma situação muito triste. Eu passei por uma situação semelhante com um tio meu. Mas este estava todo minad e foi devido ao tabaco e alcool que ele já tinha deixado há muito tempo. Mas também foram muitos anos de tabaco e alcool. Foi um desgosto brutal.

Xinhus!

blue eyes disse...

São situações que nos fazem pensar nas coisas desta vida. É que mesmo quem não fuma, muitas vezes está sujeito por conviver com os que fumam, e não só.
Bjks