Pesquisa personalizada

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Odeio


As longas noites da tua ausência
Odeio não partilhar o calor do teu edredon
Odeio não sentir o calor do teu corpo
Odeio não sentir o sabor a mar da tua pele
Odeio não saborear o mel da tua boca
Odeio não acordar nos teus braços
Odeio não fazer amor contigo
Odeio que não me ames
Odeio amar-te mais, do que te odeio.

4 comentários:

M. disse...

isto é que foi traduzir o que eu estava a sentir hein?... Força aí amiga... gajos pá... sinceramente, gajos pá, que raiva..

erica disse...

Fizeste me lembrar um poema lindo, que pus no meu blog aquando do dia dos namorados, do filme "Dez coisas que odeio em ti", conheces?

soprodavoz disse...

raiva... amor, como eles se dão tão bem ;)
jokas

blue eyes disse...

Dois sentimentos opostos. Mas os opostos atraem-se...
bjks