Pesquisa personalizada

sábado, 22 de setembro de 2007

Vindimas

Mais um dia de vindima, amanhã... socorro, como é que me foram meter nisto? Eu devo ser doida, só posso ser. E o descanso? Trabalhar ao fim de semana, sem descanso, o que dá a necessidade... mas custa tanto levantar cedo, eu que sou de deitar tarde, oh vida ingrata. E agora vou-me deitar, porque, além de ter de me levantar cedo, estou sem cuecas, literalmente, e ando com os sentidos muito apurados, o que faz com que o meu próprio odor me recorde de momentos que apenas pretendo adormecer na minha memória... ou quem sabe solte a gaja que pus adormecida, dê largas á imaginação, e tenha uma noite fantástica a solo.
Porque amanhã é um novo dia...

2 comentários:

Francisco disse...

Hoje o dia está quente, mas agora ficou mais um kadinho :)

blue eyes disse...

Para mim continua igual, e amanhã novamente é dia de vindima.